Ao fazer viagens de longas distâncias, é bastante comum os passageiros sentir alguns sintomas do temido Jet Lag, que provoca um certe desconforto ou até mesmo mal estar.

O Jet Lag é responsável por atrapalhar os primeiros dias em seu novo destino, deixando alguns viajantes bastante assustados, principalmente para quem ainda não está familiarizado com ele. Alguns dos sintomas básicos que o Jet Lag provoca são: problemas quanto ao dormir, comer no horário local e se sentir sem disposição. Porém, adotando algumas medidas você pode amenizar os efeitos do Jet Lag em você, confira logo abaixo.

Antes de viajar…
Para que o Jet Lag não se torne um tormento em sua viagem. É importante observar a diferença de horário local e o seu destino de viagem.

Comece ajustando o seu relógio com cinco dias que antecede a sua viagem. Mude alguns hábitos, como dormir e fazer as refeições em horários diferentes. Outra forma que pode ajudar seria acordar durante o seu sono e se concentrar em uma leitura por 30 minutos, e logo após voltar a dormir.

Quando estiver comprando a sua passagem, prefira os vôos que cheguem ao seu destino de viagem no período do final do dia, dessa forma o seu sono será ajustado de maneira mais fácil. Agora, caso você só tenha opção de desembarcar em outros horários, é importante fazer a viagem descansado, se manter ativo durante as horas de vôo e descansar um pouco ao desembarcar.

Seu destino é para o leste ou oeste?
Como o nosso corpo possui melhor adaptação com os dias mais longos do que os dias mais curtos. Quando viajamos no sentido oeste, nosso corpo se adapta com maior facilidade ao novo destino. Por isso, quando viajamos em um fuso de 5 horas no sentido leste, o seu corpo leva cerca de 5 dias para se adaptar por completo. Já quando a viagem é feita para o oeste leva apenas 3 dias.

Quando a sua viagem é no sentido oeste, você deve se expor a luz no final da tarde, para que seu corpo compreenda  o que está ocorrendo é uma continuação do dia. Já nas viagens a leste, o ideal é acordar cedinho, para que a luz da manhã possa estimular de maneira mais rápida o ritmo interno do corpo. Agora, caso o seu destino possua um fuso maior que 8, é importante não se expor ao amanhecer e ao entardecer, pois o relógio biológico pode sofrer com as mudanças de luz e compreender a luz da manhã é a do entardecer, e vice versa.

Jet Lag - cochiloChegou em seu destino… Vai tirar um cochilo?
É bom evitar tirar uma longa soneca ao chegar no hotel, é bem difícil evitar pois depois de muitas horas de vôo seu corpo está exausto, mas o ideal é não cochilar por mais de 45 minutos, para que seu corpo não se atrapalhe com o momento em que você for dormir a noite. Portanto, para que consiga evitar essa soneca tentadora, a dica é dar um passeio até ficar completamente exausto, e dormir mais cedo.

Hora de comer!
Para se adaptar de maneira correta em seu destino, é importante se alimentar no horário local. Fazer as três refeições sem muitos exageros ajuda bastante na adaptação.

Seguindo essas dicas, o Jet Lag não será um aborrecimento durante a sua viagem. E ao voltar para casa, também é importante seguir as mesmas informações. Sendo que no retorno, vir no sentido oeste será mais sacrificante que no sentido leste.