Bariloche possui diversos atrativos, tanto para quem pretende fazer a viagem em família quanto para casais em lua de mel. Independente da estação do ano, Bariloche oferecer diversas atrações aos turistas.

Geralmente, quem está planejando conhecer a cidade fica em torno de 4 a 7 dias na região. Mesmo quando a sua viagem está planejada para o inverno, é possível conhecer vários locais incríveis. Confira a seguir o que fazer em Bariloche:

Passeios interessantes para fazer em Bariloche:

O que fazer em Bariloche - Lago Nahuel Huapi vista do Hotel Llao Llao

Parque Nahuel Huapi

Parque Nahuel Huapi
Considerado como um dos principais pontos turísticos de Bariloche, o Parque Nacional Nahuel Huapi recebe turista durante todo o ano. Porém durante o verão a prática de esportes náuticos se torna mais forte, muitos praticantes de rafting, canoagem e pesca se torna muito cobiçado. Além disso, a bela paisagem do local convida o turista a fazer uma caminhada ou um passeio a cavalo.

O que fazer em Bariloche - cerro catedral

Cerro Catedral

Cerro Catedral
Bastante cobiçado durante a temporada de inverno, para os praticantes de esqui, quadriciclo e snowboard. O Cerro Caedral também não deixa de ser um atrativo durante o verão, que garantem ótimas trilhas de trekking, pista para mountain bike e uma visão panorâmica da região do lago Nahuel Huapi e das montanhas dos Andes. Além disso a infraestrutura do local é muito boa, possui bons restaurantes e lojas, onde é possível alugar ou comprar roupas e acessórios.

O que fazer em Bariloche -  cerro tronador

Cerro Tronador

Cerro Tronador
Localizado dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, o Cerro Tronador é local com maior altitude na região. Geralmente o seu cume está sempre coberto pela nele e os seus três picos são curiosamente bem divididos. Uma está no território argentino, outro na região chilena e o terceiro fica na divisa entre os dois países. Devido ao excesso de neve, o Cerro Tronador costuma está fechado durante o inverno, devido ao perigo de algum deslizamento. Porém durante a primavera e o verão o local fica aberto para a trilha até a cachoeira Los Alerces.

O que fazer em Bariloche -  Villa La Angostura Centro

Villa La Angostura – Centro

Villa La Angostura
Localizada aos pés da Cordilheira dos Andes e a menos de uma hora de Bariloche, a Villa La Angostura encanta os turistas por oferecer diversos atrativos turísticos, boa infraestrutura de serviços e por possuir uma beleza natural extraordinária. O local é muito buscado pelos praticantes de esqui na pista Cerro Bayo, passeios em veículos 4×4, mountain bike, cavalgadas e trekking. Em seu pequeno centro, os turistas vão em busca de souvenirs e chocolates.

O que fazer em Bariloche - circuito  chico - Foto cedida por Juan Borches

Circuito Chico

Circuito Chico
Aberto durante todo o ano, o Circuito Chico é um dos passeios turísticos mais popular em Bariloche, sempre bastante apreciado pelos turistas de primeira viagem. No passeio são cerca de 70km percorrido, onde o turista poderá apreciar a paisagem do lago Nahuel Huapi, a praia Bonita, a base do Cerro Campanairo e entre outros pontos turísticos.

O que fazer em Bariloche -  el bolson

El Bolson

El Bolson
Localizada a 129 km de Bariloche e dona da típica paisagem da Patagônia, El Nolson atrai os turistas, devido ao seu artesanato, doces, frutas finas, queijos, cerveja artesanal entre outros artigo que são produzidos na região. O Lago Purllo, que fica a 16 km da cidade, também costuma fazer parte do roteiro turístico.

O que fazer em Bariloche - Cerro Otto

Cerro Otto – Subida em teleférico

Cerro Otto
Para quem gosta de admirar a beleza vista do alto, o cerro Otto é parada obrigatória. O topo da montanha reserva diversas atividades, que são para todas as idades. A confeitaria giratória possui diversas opções gastronômicas e uma bela vista de 360° do alto da montanha.